Compartilhar

Mudança de escola: dicas para ajudar o filho neste processo

Jornada da Vida - Bê-a-Bá Por Jornada da Vida – Bê-a-Bá
ícone de relógio indicando o tempo de leitura​ 4 min de Leitura
ícone de calendário indicando a data da publicação​ Criado em 14/11/2023 | Atualizado em 07/11/2023

Compartilhar

Mudança de escola é um momento complexo na vida das crianças, por isso, é importante saber como lidar com isso, descubra!

A decisão de fazer a mudança de escola é uma etapa importante na vida de qualquer criança. Seja devido a motivos como a busca por uma educação mais adequada, a troca de residência ou outros fatores, essa transição pode ser desafiadora tanto para os pais quanto para os filhos. 

Ao longo deste conteúdo, abordaremos quando é necessário realizar a mudança de escola e apresentaremos dicas essenciais para auxiliar o seu filho neste processo, culminando em orientações sobre o que fazer durante essa transição. Boa leitura!

Quando é necessário realizar a mudança de escola?

Mudar de escola pode ser necessário por diversos motivos. Um dos principais é a busca por uma educação mais alinhada com as necessidades e os interesses da criança.

Às vezes, o colégio atual não oferece os recursos necessários para o desenvolvimento acadêmico ou não proporciona um ambiente de aprendizado adequado.

Outras razões podem incluir mudança de residência para uma nova região ou até mesmo questões de segurança.

Além disso, é importante estar atento a sinais de que seu filho pode estar enfrentando problemas na instituição atual, como dificuldades de adaptação, bullying na escola ou queda no desempenho acadêmico.

Nesses casos, mudar de escola pode ser uma solução para melhorar a qualidade de vida e o bem-estar da criança.

Quais dicas para ajudar o filho na mudança de escola?

Agora que entendemos quando a mudança de escola se faz necessária, é fundamental conhecer algumas dicas que podem auxiliar os pais a apoiar seus filhos nessa transição desafiadora. Confira!

Converse com seu filho

Abrir um canal de comunicação com seu filho é o primeiro passo. Pergunte como ele se sente em relação à mudança de escola, quais são seus medos e expectativas.

É importante ouvir atentamente suas preocupações e demonstrar empatia. Mostrar que você está disponível para conversar e que se preocupa com seus sentimentos pode ajudar a aliviar a ansiedade da criança.

mudança de escola mag

Tenha certeza da mudança

Antes de tomar a decisão final, é fundamental ter certeza de que a mudança de escola é a melhor opção. Avalie criteriosamente os motivos que estão levando a essa escolha e converse com outros membros da família, professores e orientadores, se necessário.

Certificar-se de que a nova unidade educacional atenderá às necessidades acadêmicas e emocionais do seu filho é imprescindível para garantir uma transição tranquila.

Acolha a tristeza e insegurança do filho

É normal que as crianças se sintam tristes e inseguras diante da mudança de escola. Elas podem sentir falta dos amigos, do ambiente familiar e temer o desconhecido.

Nesse momento, é importante validar esses sentimentos e oferecer apoio emocional. Mostre que você está ali para ajudar e que a nova instituição pode ser uma oportunidade de crescimento e aprendizado.

O que fazer quando se muda de escola?

Após a decisão de mudar de escola ser tomada e as dicas acima tenham sido aplicadas, é hora de se preparar para a transição:

  • visite a nova escola: leve seu filho para conhecer a nova escola antes do início das aulas. Isso pode ajudar a reduzir a ansiedade, pois ele terá a chance de se familiarizar com o ambiente e, talvez, conhecer alguns colegas;
  • mantenha contato com os antigos amigos: incentive o pequeno a manter contato, seja por meio das redes sociais ou marcando encontros esporádicos;
  • esteja presente nos primeiros dias: nos momentos iniciais no novo colégio, esteja disponível para dar suporte e acompanhar a adaptação da criança. Converse com os professores e funcionários para garantir que ele se sinta bem acolhido;
  • estabeleça uma rotina: isso pode ajudar seu filho a se sentir mais seguro e confortável na nova escola. Estabeleça horários para estudo, atividades extracurriculares e momentos de lazer.

Como você pode perceber, a mudança de escola pode ser uma transição desafiadora para as crianças. Porém, com o apoio certo dos pais e a adoção das dicas mencionadas, é possível tornar esse processo mais tranquilo e positivo.

Lembre-se de que é importante adaptar as estratégias de acordo com as necessidades individuais do seu filho. Com amor, paciência e atenção, é possível auxiliar o pequeno a se ajustar e prosperar em seu novo colégio.

Gostou do artigo? Leia outros conteúdos no blog e assine a nossa newsletter!